A CommScope e a Facens, Faculdade de Engenharia, Tecnologia e Arquitetura de Sorocaba- SP,  por intermédio do Instituto de Pesquisas e Estudos Avançados Sorocabano – IPEAS, inauguraram o laboratório Optical Network Lab voltado para estudos, pesquisas e capacitação de alunos e profissionais para o mercado de redes de fibra óptica xPON (Redes Ópticas Passivas).

A parceria irá disponibilizar conhecimento técnico para profissionais e graduandos de engenharia, por meio de aulas práticas, com aplicações em redes ópticas. O espaço será utilizado pelos alunos do curso de Engenharia Elétrica, para aplicação do conhecimento obtido em sala de aula, para a realização de testes de novas tecnologias, estudos e pesquisas para geração de conhecimento acadêmico e também para o desenvolvimento de experiências e medições nas mais variadas tecnologias do setor para atender as demandas de empresas e operadoras no fornecimento de serviços digitais. O laboratório poderá ser visitado pela comunidade em eventos pontuais envolvendo o tema de redes ópticas.

”O mercado está em crescente evolução, o que demanda profissionais atualizados. Com esse projeto será possível capacitar mão de obra e ajudar a diminuir a carência de recursos com conhecimentos técnicos nesta área que está em constante evolução. As redes demandam cada vez mais banda, por isso, precisam estar preparadas para trafegar cada vez mais dados. O laboratório ajudará a capacitar profissionais para estarem preparados para atender essas necessidades”, destaca Sylvio Peres, VP Vendas para a região América Latina e Caribe da CommScope.

“A Facens busca constantemente parcerias que proporcionem aos alunos, empresas locais e toda a comunidade acesso ao que há de melhor em inovação e tecnologia.  Estamos muito felizes com o lançamento do laboratório de redes óptica em parceria com a CommScope, pois acreditamos que oferecendo um espaço qualificado de compartilhamento de conhecimento e capacitação é possível alcançar grandes resultados”, diz Odail Silveira, gerente de pesquisa e desenvolvimento do IPEAS – Instituto de Pesquisas e Estudos Avançados Sorocabano da Facens.

A tecnologia de redes ópticas possui alta capacidade de transmissão de dados para o usuário final. O grande diferencial tecnológico é a capacidade de transporte de dados de quaisquer tecnologias, utilizando para isso o protocolo de redes GEM (GPOn Encapsulation Method – Método de Encapsulamento GPON).

Com a implementação das redes xPON, torna-se viável a utilização de fibra óptica na última milha, ou seja, na rede de acesso, principalmente pelo fato de ser possível utilizar a rede instalada.