Aos poucos, a fibra começa a avançar pelas principais cidades do interior do Amazonas. Desta vez, o provedor a lançar fibra em Iacoatiara, a 260 quilômetros de Manaus, foi a Icom – que, em fevereiro deste ano, colocou em operação uma rede de fibra com 2 mil pontos na cidade. Três meses depois, já contava com 700 assinantes. O objetivo da empresa, uma associação entre o técnico em rede Maykon Souza e um grupo local da construção civil, é lançar redes nas cidades de Parintins e Maués até o final do ano.

O investimento total no projeto é de R$ 3,5 milhões, de acordo com Maykon, que também é dono do provedor Interlink, que atua em Manaus. Além das três cidades polo do interior do Amazonas, o provedor vai cobrir, com rádio, outros 15 municípios do entorno. De Manaus a Itacoatiara, a banda larga é levada por meio de um link de rádio de alta capacidade de tecnologia Huawei, que opera na faixa de 6,5 GHz.

Para montar sua rede de fibra, a Icom escolheu como fornecedores a Cablena (cabo óptico), do grupo mexicano de Carlos Slim, e a nacional Digistar (parte eletrônica). As empresas e os moradores de Itcoatiara, cidade de 100 mil habitantes, podem adquirir banda larga de até 10 Mbps. Mas o plano mas vendido é de 1 Mbps, que custa R$ 199 com instalação e Wi-Fi gratuito.