O Programa Green IT da Furukawa, que está completando 12 anos, recebeu 137.367 quilos (137,3 toneladas) de sucata de cabos eletrônicos e telefônicos entre abril de 2018 e março deste ano. Segundo a fabricante, o material descartado por dezenas de empresas teve destinação adequada, o que contribuiu para reduzir o uso de recursos não renováveis, o consumo de energia e, principalmente, para a preservação ambiental e da saúde das pessoas, ressalta a empresa.

De acordo com a companhia, os 137.367 quilos de sucata recebidos pelo programa em um ano representam 68.684 quilos de materiais que deixaram de ser lançados no meio ambiente, onde demoram a se decompor – no caso do PVC contido nos cabos, o processo pode levar de 200 a 600 anos.

– Isso equivale a uma redução na extração de minério de cobre de mais de 13 mil toneladas (precisamente 13.049.865 quilos). A redução do consumo de energia elétrica, nesse período, foi da ordem de 1.313.229 kWh, suficientes para abastecer 8.755 residências durante um mês, compara a Furukawa.

Criado em agosto de 2007, o Programa Green IT consiste na permuta de sobras de cabos de telecomunicações e de energia, de qualquer fabricante, por cabos novos da marca Furukawa. A sucata é encaminhada para tratamento e reciclagem, transformando-se em matéria-prima para outras indústrias.

Já as empresas que aderem ao programa recebem uma bonificação, por meio de um cheque verde (no valor do peso real do material enviado) que pode ser trocado por produtos Furukawa. Recebem também um certificado de participação no programa, que atesta seu compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente.

Em 12 anos, o Programa Green IT contou com a participação de aproximadamente 1.040 empresas. Somente no período de abril de 2018 a março de 2019, foram aproximadamente 90 novas adesões. “Esse é um indicador importante de que o programa vai ao encontro da preocupação, cada vez maior, do mercado corporativo com a questão da sustentabilidade e da preservação do meio ambiente”, afirma Roberto Kihara, gerente geral comercial da Furukawa Electric LatAm.

O foco em sustentabilidade também motivou a Furukawa a investir no desenvolvimento de soluções green, que vêm sendo lançadas no país nos últimos anos. Um dos destaques é o cabo Green CAT.6 LSZH (Low Smoke Zero Halogen), que foi o primeiro para redes LAN do mundo a utilizar polietileno verde no revestimento – à base de etanol extraído da cana-de-açúcar, 100% reciclável.(Com assessoria de imprensa)