Foto: Google

O Google Earth apresenta o projeto Celebração das Línguas Indígenas, a partir desta sexta-feira, 9. O objetivo é divulgar gravações de áudio de mais de 50 idiomas indígenas, com a colaboração de um grupo de dezenas de educadores que falam línguas nativas e ajudaram a organizar a iniciativa. O acervo de gravações é lançado no mesmo momento em que a ONU comemora o Ano Internacional das Línguas Indígenas, criado para ampliar o conhecimento sobre esses idiomas e sua importância para a diversidade global.

Dentre as histórias, encontramos Kolulu, uma aldeia na Floresta Amazônica, no Brasil. Otimisoma Sanöma trabalha ativamente na preservação das tradições e do idioma da comunidade onde foi nascida e criada. Otimisoma fala Sanöma, um dos seis idiomas da família linguística do Yanomami e uma das 178 línguas indígenas do Brasil. Ela vê a proteção das terras nativas como essencial para a proteção do idioma. Apenas 6.000 pessoas no Brasil e na Venezuela falam o idioma, mas elas o usam como língua principal.

Muitas línguas jamais foram ouvidas até mesmo por jovens pertencentes a esses povos – que dirá pelo resto do mundo. Agora, os usuários do Google Earth podem clicar em locais onde há falantes desses idiomas e escutá-los dizendo saudações tradicionais, cantando músicas ou ensinando palavras e frases.

Além de trazer áudios de palavras e frases, o projeto permite conhecer melhor os lugares de origem desses povos.(Com assessoria de imprensa)