O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, afirmou em evento que quer acabar com o eSocial. Segundo ele, o sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas atual é complexo e motivo de queixa dos empresários.

A ideia do secretário é substituir o eSocial por um sistema mais simples, sem demandar tantas informações. Costa afirmou que, em alguns casos, são pedidas 1.800 informações.

O eSocial foi criado em 2014 com o intuito de simplificar a vida do empregador, mas acabou com uma complexidade considerada “nefasta” pelos técnicos do Ministério da Economia. A previsão de que o novo sistema fique pronto até o final deste ano.

Os empresários se queixam da dificuldade de juntar todas as informações requeridas. Além disso, relatam que o sistema trava constantemente.(Com agências)