A Eletronet, empresa nacional com rede de 16 mil km, tem agora nos provedores regionais como maiores clientes de capacidade. É o que afirma o gerente de Produto e Serviço da empresa, Célio Melo, reforçando o crescimento dos ISPs no Brasil.

“Entramos em outro jogo, que traz surpresas positivas e mostra o potencial de crescimento da internet que, aparentemente, virou uma commodity”, disse Melo, nesta quarta-feira, 5, no Abrint 2019, em São Paulo. Segundo ele, os provedores estão crescendo muito e precisam de conexões de melhor qualidade, “produtos com conceito de hiperconectividade, como o que nós oferecemos”, disse.

É o caso do Full IP, serviço de trânsito IP nacional e internacional, disponível em 155 pontos de presenças, nos 18 estados onde a Eletronet está presente. Ou o Full IPix, que entrega serviço de trânsito IP de alta qualidade e disponibilidade, de forma descentralizada diretamente nos IX.br nacionais para um potencial de até 2.300 provedores.

Segundo Melo, a Eletronet já disponibiliza o produto em 9 PIXes e tem como estratégia a expansão para mais seis até o final do ano.  “Hoje, os provedores regionais já respondem por 70% dos nossos negócios”, afirmou. Para ele, há ainda grande capacidade de crescimento nesse mercado