A  Master finalizou seu projeto de reengenharia de tráfego conquistando bons resultados. Por meio de uma análise acurada de sua estrutura, feita por consultoria contratada, a empresa conseguiu adiar por mais de um ano a necessidade de upgrade e cresceu 20% de sua estrutura sem custo adicional.

Outro benefício, segundo  Diego Aquino, diretor de engenharia, foi uma percepção clara de aumento de velocidade e também de nível de serviço por parte dos usuários. Isso resultou em grande valorização da marca. “Nos equiparamos aos serviços prestados pelos grandes players do mercado. Com isso, pudemos passar a fazer parcerias com estas empresas para troca de uso de infraestrutura, o que também nos trouxe novas possibilidade de negócios”, explicou o executivo.

A empresa atua em mais de 80 cidades nos estados de Minas Gerais e São Paulo. Ela contratou a Everest Ridge para o projeto da reengenharia de tráfego e em 45 dias obteve um mapeamento da rede com informações sobre o que não funcionava bem e os equipamentos para torná-la mais robusta.