A MOB Telecom está trabalhando com uma solução de segurança que fornece proteção contra a investida de usuários mal intencionados. O MOB Anti-DDoS atua na infraestrutura de rede desviando o fluxo de dados incomum nos endereços IP sob ataque, ao mesmo tempo em que permite que o tráfego normal dos servidores continue.

Segundo a empresa, a solução detecta e mitiga o ataque DDoS garantindo proteção tanto para o cliente quanto para o provedor.

O Brasil registrou 30 ataques DDoS (Distributed Denial of Service ou negação de serviço distribuída) por hora em 2017, totalizando 728 por dia e 264.900 no ano. De acordo com o 13º Relatório Anual sobre Segurança da Infraestrutura Global de Redes, da Arbor Networks, os provedores de acesso, em especial os pequenos e médios, foram os principais alvos desses ataques.

Num ataque DDoS, o usuário mal intencionado aproveita uma brecha do sistema para
ter comando sobre vários computadores, transformando-os em uma rede de
computadores-zumbis, que lança ataques conjuntos às redes de empresas, hospitais,
indústrias, provedores e universidades, entre outras vítimas, esgotando seus recursos
e tornando sites e serviços indisponíveis.

“Os ataques de DDoS estão cada vez mais destrutivos e complexos, e oferecer aos
clientes serviços que evitem a indisponibilidade dos sistemas é essencial para os
provedores”, disse Sayde Bayde, sócio-diretor da Mob Telecom.

Quando um provedor sofre ataques de DDoS, é comum que a equipe de segurança
recorra a rotas nulas, limite de tráfego e limite de pacotes para atenuar ou acabar com
os ataques. O MOB Anti-DDoS acaba com a dependência desses recursos, pois usa um processo de inspeção e análise de múltiplos estágios que combina verificações de RFC,
análise de protocolo, listas de controle de acesso, reputação de IP, análise algorítmica
L4-L7, análise de comportamento de usuário, expressões regulares e limitação de
conexão/taxa para atenuar os ataques.

De acordo com a empresa, além de defender contra ataques na camada de transporte, como SYN Flood e IP Fragmented Flood, o MOB Anti-DDoS também protege as aplicações, como HTTP,
Get/Post Flood, DNS e servidores de jogos, áudio e vídeo.

“Essa abordagem ampla e multicamadas leva a taxas mais baixas de falsos positivos e
negativos em comparação com qualquer outra tecnologia, pois é altamente precisa e
eficaz”, explicou Bayde. “Quando integrado com outras soluções de segurança da MOB,
como SdWan e firewall, o Anti-DDoS garante a integridade dos dados importantes e
sigilosos de uma empresa, seja ela um provedor, seja ela um banco, um grande site de
e-commerce ou um órgão do governo”.