A Nokia apresentou, no Broadband World Forum, em Berlim, dia 16, sua solução Wireless PON (Passive Optical Network), que permite às operadoras oferecer serviços de gigabit aos clientes usando a tecnologia sem fio WiGig, eliminando a necessidade de trazer fibras até à casa ou ao edifício. Com se espera que o número de assinantes de gigabit bata os 65 milhões até 2021, os operadores devem evoluir rapidamente suas redes de acesso para melhor atender a demanda dos consumidores. O que exige levar a fibra ao ponto mais econômico, com estratégias multi tecnologia.

Mas como levar a fibra a casa do cliente poder não ser viável tecnicamente ou do ponto de vista econômico, as operadoras estão combinando o acesso fixo e o acesso sem fio. Este começa a se tornar viável com os recentes avanços na tecnologia sem fio. A solução Wireless PON da Nokia integra a tecnologia de rede óptica passiva com o WiGig, um padrão de alta velocidade de 60 GHz também conhecido como 802.11ad.

Montada em postes telefônicos, luzes de rua ou na fachada de edifícios, a solução usa formação de feixe para fazer a conexão de até 1Gbps para a unidade Nokia WPON localizada a 300 metros de distância, fora de um prédio ou da casa. Com a capacidade de conectar vários pontos de acesso em uma linha ou criar uma rede em malha, as operadoras agora podem trazer a fibra para uma esquina da rua no lugar de levá-la dentro do prédio, evitando custos de adicionar assinantes, diz a fabricante.

Para Federico Guillén, presidente do Grupo Fixo de Redes Empresariais da Nokia, “as estratégias multi tecnologia são fundamentais para ajudar as operadoras a lançar rapidamente novos serviços de banda larga para mais pessoas”. (Assessoria de Imprensa)