A Eletronet anunciou esta semana uma nova modalidade de serviço de trânsito IP para o mercado de provedores regionais. Trata-se do Full IPix , plataforma que permite a entrega de forma descentralizada diretamente nos IX.br nacionais. A perspectiva da empresa é de que a nova oferta esteja apta para atender aproximadamente 2300 ISPs.

Em março deste ano, a Eletronet iniciou a venda do Full IP, serviço de trânsito IP redundante, com conexões diretas a TIER 1 e entregue nos 155 POP’s da companhia. Visando atender aos provedores de internet que não conseguem abordar os POP’s Eletronet, a companhia desenvolveu um projeto para oferta nos principais IX’s nacionais.

A partir de agora, o serviço pode ser adquirido nos PIXes de São Paulo, Campinas (SP), Rio de Janeiro, Curitiba (PR), Brasília (DF), Salvador (BA) e Fortaleza (CE). A estratégia da Eletronet é de que o Full IPix esteja disponível em 17 PIXes nacionais até o fim deste ano.

De acordo com a empresa, toda a conectividade presente no Full IP Eletronet também está disponível no Full IPix. Novos clientes que se conectarem ao Full IPix, em qualquer localidade atendida, contarão com a hiperconectividade da Rede IP Eletronet e estarão automaticamente ligados aos demais IX e provedores de trânsito nacionais e internacionais, garantindo acesso privilegiado aos conteúdos mais importantes. A contratação pode ser feita com capacidades a partir de 200 Mbps.

Segundo Célio Mello, Gerente de Produtos da Eletronet, a estrutura do Full IPix reforça o posicionamento da rede de fibra óptica Eletronet nos pontos de concentração de tráfego. Na sua avaliação, com a oferta do novo serviço, os provedores presentes nos PIXes irão reforçar suas condições para crescimento e amadurecimento dos pontos de troca de trafego. “Acreditamos que pela agilidade de ativação e facilidade de acesso, temos um grande potencial de expansão geográfica e crescimento para novos clientes”, observou.

Para Cássio Lehmann, Diretor Comercial e de Marketing da Eletronet, os clientes contam, a partir de agora, com um serviço direto no PIX, aliado ao diferencial da alta qualidade e confiabilidade de uma rede OPGW. “Estamos otimistas para entrar neste marketplace, que é bastante competitivo. Nos preparamos ao longo do ano para garantir a entrega de um produto diferenciado, com modelo de negócio acessível e flexível para este alto volume de clientes”, afirmou.