Salvador – O diretor de atacado da Oi, André Telles, afirmou hoje, 26, durante o Inovatic NE e ISP Business, que a operadora está reposicionando o seu segmento de atacado, para ampliar o compartilhamento de sua infraestrutura com os ISPs. Além de compartilhar as redes de transmissão, a operadora quer também para oferecer para essas operadoras regionais serviços de mais valor agregado, como vídeo e projetos de Internet das Coisas (IoT).

” O Brasil tem dimensão muito maior do que consigamos fazer sozinhos. Vamos suportar o crescimento da banda larga em parceria com os provedores locais . Mas, mais do que a transmissão e capacidade IP, vamos também oferecer outros serviços, como solução de vídeo, IoT, para monetizar os investimentos”, assinalou o executivo.

Telles assinalou que a rede de atacado da Oi é a maior do país, com 366 mil quilômetros de fibra (mais do que o dobro do segundo competidor), 42 mil quilômetros de dutos e fibra óptica na rede de transporte em mais de dois mil municípios.

E é essa a rede que a operadora quer compartilhar com os demais operadores de telecomunicações. ” Não faz sentido duplicar infraestrutura. O compartilhamento de infraestrutura deve ser a saída inteligente e racional para se alcançar os clientes na ponta”, concluiu.