Do Tele.Síntese

A proposta do novo regulamento de qualidade dos serviços de telecomunicações já foi elaborada pela área técnica da Anatel e está para ser avalizada pelo conselheiro Igor de Freitas, sorteado para relatar o tema.

Segundo Elisa Leonel Peixoto, superintendente de Relações com os Consumidores, a nova proposta de regulamento reduz os atuais indicadores de qualidade, incorpora na norma parâmetros a serem apurados pela qualidade percebida junto ao usuário dos serviços e propõe a criação de uma entidade aferidora de qualidade, privada, a ser sustentada pelas operadoras de telecomunicações.

Essa entidade, explicou ela, durante o Painel Telebrasil 2017, realizado de 19 a 20, em Brasília (DF), deverá apurar os indicadores apontados no novo regulamento e entrega-los à agência reguladora, para sua análise e divulgação. A pesquisa junto à população continuará a ser feita também por uma empresa contratada pela Anatel.