A TIM anunciou a oferta do VoLTE (Voice over LTE, na sigla em inglês) na frequência de 700 MHz em Belo Horizonte. Ao todo, 176 municípios de Minas Gerais já contam com o serviço que permite ligações de voz em alta definição pela rede de quarta geração. Ao todo, são mais de 1.500 cidades no país e a previsão é de que 2 mil municípios tenham a tecnologia até o final do ano.

A funcionalidade permite que as ligações, hoje realizadas por meio de circuitos, evoluam para uma rede de dados. O acesso ao VoLTE depende de um smartphone compatível e da atualização do sistema operacional para a versão mais recente. Todos os aparelhos do portfólio atual da TIM já suportam o VoLTE.

A ativação da frequência 700 MHz na capital mineira, em junho deste ano, foi um passo importante para a TIM ampliar a sua cobertura, principalmente indoor, e melhorar ainda mais a experiência dos seus clientes”, comentou Marco Di Costanzo, diretor de Engenharia da TIM Brasil.

Segundo Bruno Vasconcellos, diretor comercial da regional Sudeste, Minas Gerais é um estado relevante para a operadora. ” Temos mais de 4,2 milhões de clientes no estado e estamos investindo em novos pontos de venda. Em agosto, inauguramos em Belo Horizonte nossa primeira loja 100% digital no estado, e temos a previsão de lançar mais quatro nos próximos meses”disse o executivo.

Minas Gerais também foi o primeiro estado no qual a TIM ativou a funcionalidade NB-IoT (Narrow Band em IoT) em sua rede 4G, na cidade de Santa Rita do Sapucaí, em parceria com o Inatel e a Ericsson. A plataforma permite viabilizar a criação de soluções de Internet das Coisas (IoT) utilizando a frequência 700 MHz. A tecnologia está ligada a aplicações para smart cities, como sensores inteligentes em semáforos e estacionamentos; sensores de poluição de cidades; medidores para a energia, água e esgotos das cidades, entre outras iniciativas que tornam os sistemas mais eficientes. Mais de 1.500 cidades já estão aptas a utilizarem a plataforma e a previsão é de que chegue a 4.000 municípios até 2020.