Foto Daniel Zimmermann

Por apostar no crescimento do mercado terceirizado de infraestrutura de TI, Unifique, provedor regional de acesso à internet e telecom de Santa Catarina, investiu cerca de R$ 20 milhões no primeiro Data Center Tier III comercial do estado, em processo de certificação. O data center está instalado na nova sede da Unifique, inaugurada em novembro de 2018 em Timbó, na região do Vale do Itajaí.

“Pesquisa da Gartner, uma das maiores consultorias mundiais de tecnologia, aponta que mais de 70% das companhias brasileiras pretendem migrar seus Data Centers para empresas especializadas até 2025. Hoje, apenas 10% terceirizam o serviço”, afirma Jair Francisco, diretor de Mercado da Unifique, que já atende a cerca de 50 das cem maiores empresas de Santa Catarina com links de internet e serviços associados.

Há 21 anos como provedora de internet banda larga, a Unifique também atende o mercado residencial, para o qual oferece telefonia digital e TV por assinatura nas principais cidades catarinenses. Ela oferece aos assinantes residenciais banda larga, telefonia digital e TV por assinatura e contava com 108 mil acessos em dezembro de 2018, segundo dados da Anatel.

O data center da Unifique está em processo de certificação TIER III pelo Uptime Institute. Tier é a classificação usada para mensurar o nível da infraestrutura de um data center. A certificação Tier III exige uma disponibilidade de 99.98% dos serviços, o que na prática quer dizer que os servidores podem ficar indisponíveis no máximo por uma hora e seis minutos a cada 365 dias. “Cada vez mais negócios precisam garantir a disponibilidade dos dados. Inclusive, empresas de alguns segmentos como bancos e cooperativas de crédito exigem a certificação”, afirma Fabiano Busnardo, presidente da Unifique.

A Unifique foi fundada em 1997 por Fabiano Busnardo como um provedor local de internet na cidade de Timbó. Na época, o empresário ainda cursava Administração na Universidade Regional de Blumenau, e montou o negócio a partir de um único computador. Chamada de Timbó Provedor de Acesso (TPA), a empresa limitava o serviço à internet discada. Em 2000, passou a incluir conexão via rádio e, em 2006, fibra óptica.

Os 30 quilômetros de rede do início da empresa evoluíram para atuais 8.500 quilômetros em 116 municípios catarinenses, além de Rio Negro e São Mateus do Sul no Paraná. A meta é alcançar 200 cidades em cinco anos, com prioridade para Santa Catarina. “A estratégia é ser a maior força em SC e depois partir para outros estados”, afirma Busnardo. Nos últimos anos, a Unifique apresentou crescimento médio de 35% ao ano. (Com Assessoria de Imprensa)