Do Tele.Síntese

A ZTE Corporation, a operadora SoftBank e o Wireless City Planning, testaram com sucesso a tecnologia de multiplexação por divisão espacial de 24 canais, usando o Pre 5G TDD Massive MIMO 2.0 em uma complexa rede comercial em Nagasaki, no Japão. Nesse teste de verificação, os 24 terminais baixaram dados simultaneamente a uma taxa de 956 Mbps em uma banda de 20 MHz.

Segundo a ZTE, que apresentou Pre5G TDD Massive MIMO no MWC 2017, em Barcelona, na Espanha. esse foi o primeiro teste prático em uma rede comercial após a solução alcançar a taxa de 1,1 Gbps em teste de campo de 24 canais em Shenzhen, na China. Paralelamente, ZTE e SoftBank desenvolvem o projeto de cooperação estratégica Smart Life, no qual as duas empresas realizam pesquisas e desenvolvimento inovadores sobre a melhoria da eficiência de espectro, integração de rede 4G/5G, banda larga móvel, IoT e internet de veículos. Segundo Bai Yanmin, gerente geral dos produtos TDD e 5G da ZTE, “a Smart Life é um projeto estratégico para a empresa”.

Durante a verificação, 24 terminais transferiram dados via FTP simultaneamente. Por meio da tecnologia de multiplexação por divisão espacial do core, a nova geração do Pre5G TDD Massive MIMO da ZTE assegurou que cada usuário ocupe exclusivamente recursos de espectro de 20 MHz em uma única portadora.

Em uma rede comercial, a taxa média de dados do usuário chegou a 40 Mbps ou mais, e a eficiência espectral foi melhorada em 7,7 vezes em comparação com a das células LTE tradicionais, segundo a ZTE. Portanto, sobre os aspectos do processamento celular e da experiência de usuário único, o desempenho do Pre 5G TDD Massive MIMO é muito superior ao das redes LTE tradicionais, estabelecendo uma base sólida para lidar com o rápido aumento do tráfego no futuro e uma evolução gradativa para as redes 5G.

“A ZTE é o primeiro parceiro a suportar os 24 canais do Massive MIMO em uma rede comercial com uma taxa de transferência de cerca de 956 Mbps em uma única portadora. Trabalharemos juntos para construir uma rede que torne a vida futura dos usuários da SoftBank mais inteligente”, explica Takeshi Noda, diretor do departamento de redes da SoftBank. (Assessoria de imprensa)