Inatel abre programa de capacitação em soluções Ericsson para formandos de Tecnologia


InatelO Inatel deu início a um programa de desenvolvimento de talentos voltado para graduandos de cursos de Tecnologia de todo país. O Inatel Developer Program tem como objetivo capacitar os estudantes para as tecnologias e competências do Projeto BSS (Business Support Systems), que integra as ações desenvolvidas na instituição para a Ericsson.

A etapa de seleção do programa foi realizada nos meses de fevereiro e março, culminando na escolha de 10 participantes. Os selecionados, jovens de várias partes do país, estiveram no campus da instituição, em Santa Rita do Sapucaí, no início do mês de abril, para realizarem o processo de integração. O grupo iniciou os trabalhos no dia 13 de abril.

“O Inatel Developer Program caiu como uma luva na minha vida. Hoje com tantas vagas pedindo por experiência no mercado, ali eles nos deram a oportunidade de adquirir essa experiência com treinamento, ajuda incessante, uma gestão amiga e atenciosa e um trabalho em grupo incrível. Fico honrada de fazer parte desse time”, destacou a participante Sarah Brandão Souza, que é de Borda da Mata (MG).

PUBLICIDADE  

Já Gabriel Teixeira Patricio, de João Pessoa (PB), ressaltou que o apoio que todo grupo está recebendo. “Estamos tendo suporte para qualquer dúvida e acesso aos melhores cursos. Forneceram inclusive equipamentos para trabalharmos. Temos reuniões para alinharmos os conhecimentos e tirarmos dúvidas sobre o que estamos aprendendo. Já deu para sentir que a equipe é muito prestativa e competente”.

De acordo com o gerente de Desenvolvimento de Software do Inatel, Leonardo Liao, os participantes do programa passarão por uma fase de treinamento teórico, com mentoria e exercícios práticos focados nas tecnologias e arquiteturas utilizadas no projeto, como Java, Banco de dados, Framework de testes, etc. “Após esses cursos, eles serão submetidos a um desafio para construir um projeto do zero, utilizando os conhecimentos adquiridos. Espera-se que ao longo dessas etapas, eles também desenvolvam soft skills importantes como colaboração, flexibilidade, persistência, comprometimento e comunicação. Na sequência, todos farão um rampup nos produtos de BSS que trabalhamos, para então serem integrados aos nossos times de desenvolvimento, iniciando assim, a fase de aprendizagem prática”, explica.

O gerente revela ainda que um dos grandes diferenciais do programa é que ele permite aos participantes a criação de um vínculo com a instituição, pois todos eles são contratados como funcionários, em regime CLT. “O mercado de TI tem crescido em um ritmo muito maior do que a nossa capacidade educacional em formar profissionais na área de software. O Inatel Developer Program (IDP) é uma iniciativa que visa desenvolver competências alinhadas às nossas necessidades de projeto e em um curto prazo. A expectativa é que ao final do programa, tenhamos profissionais integrados à cultura da instituição, capacitados em competências específicas e prontos para atuar em um projeto de escala global”.

Para o gerente do BSS Development Center da Ericsson, Daniel Rosa, trata-se de uma excelente iniciativa. “Esse programa vai acelerar a capacitação e desenvolvimento de talentos brasileiros em desenvolvimento de software e tecnologias de ponta, além de proporcionar experiência em um ambiente corporativo. Essa competência adquirida será uma base muito importante para um engajamento mais rápido e eficiente desses profissionais, dada a crescente demanda global de produtos BSS. Demanda que existe devido à necessidade da criação de novos modelos de negócio, mais abrangentes, flexíveis, escaláveis e robustos, para assim atender as diferentes industrias com a adoção do 5G“.

Previous Saiba as diferenças no tratamento da privacidade entre WhatsApp, Telegram e Signal
Next PL busca instituir marco regulatório das cidades inteligentes

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *