A G8 se prepara para repetir, nos próximos três anos, o crescimento que adquiriu nos últimos três anos, quando triplicou de tamanho. Para se preparar para essa expansão, a empresa que comercializa tráfego profissional de internet para provedores e mercado corporativo, já colhe resultados dos investimentos feitos em sua estrutura, como a implantação do sistema de ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial) da SAP. Com ele, ganhou produtividade, agilidade e comunicação em tempo real da área de apoio aos negócios. A próxima etapa prevê uma atualização tecnológica de sua infraestrutura com futuras expansões.

 

“Com o sistema integrado de ERP, nós conseguimos ter o controle de todo o cenário da empresa visualizando melhor todos os setores”, comentou Hugo Santos, gerente de contas da companhia. Para ele, esse é um grande diferencial das demais empresas que ainda trabalham com sistemas próprios para cada departamento, sem integração total dos dados e exigindo muito esforço manual.

Segundo Rogério Fernandes Sousa, diretor da área de Sistemas de Suporte ao Negócio, o momento para fazer essa integração também foi o mais acertado. “A empresa se prepara para crescer e mais tarde isso ficaria mais difícil”, afirmou. Para essa iniciativa, a integradora escolhida foi a TDS Union – também cliente da G8 — para a implantação do SAP Business One.

Em cima da base de dados da SAP, a G8 tem explorado diferentes formas de intercomunicação das áreas envolvidas no suporte aos negócios, seja por e-mail, pelo portal criado com esse objetivo ou mesmo via o Telegram, sistema de mensagens instantâneas. A empresa, inclusive, desenvolveu um robô que está presente em todos esses acessos e pode divulgar informações que obtém no ERP de acordo com o nível de autorização de cada um dos participantes dos grupos ou dos que acessam o portal.

O bot desenvolvido pela G8 por enquanto está sendo utilizando apenas internamente, mas há projeções de começar a direcioná-lo também para clientes. “No segundo semestre, devemos dar início a algumas interações nesse sentido, mas tomando o devido cuidado para garantir a qualidade”, ressaltou Sousa.

A empresa quer aumentar sua presença no mercado corporativo, hoje atrás dos provedores na receita da companhia. “Não vamos deixar de crescer junto aos ISPs. Vamos expandir muito mais no atendimento a empresas”, afirmou Sousa. Para os provedores, a empresa está lançando um sistema de segurança IP Shield, com tecnologia da Arbor. “Isso permite uma proteção local mas também internacional, pois numa emergência é capaz de bloquear o tráfego de uma operadora de qualquer lugar do mundo que também tiver uma solução Arbor”, comentou.

A preocupação com a rede também é uma constante na G8, que acabou de adquirir um grande lote de roteadores e switches da Cisco para atualizar sua base tecnológica. “Nós estamos fazendo um upgrade do nosso core para que suporte tráfego de até 10 terabytes”, disse Souza. Atualmente, a capacidade está em torno de 500 Gbytes.