Criar e evoluir tecnologias inovadoras de amplificação óptica para sistemas DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing) de alta capacidade. Esse é o principal objetivo do novo projeto que está sendo desenvolvido pela Unidade EmbrapII CPqD em parceria com a Padtec, empresa brasileira que atua no mercado global de sistemas de comunicações ópticas com tecnologia DWDM.

Com duração prevista de 12 meses, o projeto envolve o levantamento de requisitos para o desenvolvimento da nova geração de amplificadores ópticos utilizando as tecnologias EDFA (Erbium-Doped Fiber Amplifier), Raman e Ropa (Remote Optically Pumped Amplifier). Para os clientes da Padtec, isso significa a disponibilidade de soluções capazes de atender às necessidades dos usuários – atuais e futuras – de maior capacidade e de qualidade na transmissão de dados.

“Esse projeto está alinhado ao compromisso da Padtec em investir constantemente na evolução de seu portfólio, fornecendo ao mercado soluções inovadoras e no estado-da-arte da tecnologia em sistemas de comunicação óptica”, afirma Roberto Nakamura, diretor de Tecnologia da empresa. (Assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE