A Seaborn Networks anunciou que sua rede IP, Número do Sistema Autônomo: 13786, está operacional. Sua proposta é de oferecer conexões de alta capacidade e baixa latência para provedores de serviços de Internet (ISPs), operadoras de telecomunicações e provedores de conteúdo global. A infraestrutura tem pontos em São Paulo, Rio de Janeiro, Nova Jersey e Nova York permitindo o tráfego de dados entre essas regiões.

“Nossa rede IP é ideal para ISPs no Brasil que buscam conexões de qualidade com conteúdo de alto nível, com alto nível de adjacência para seus clientes, e provedores de conteúdo que buscam se aproximar de seus usuários finais por meio de operadoras de banda larga e móvel de nível 1 no Brasil”, disse Larry Schwartz, Presidente e CEO da Seaborn. Segundo o executivo, ela tem uma abordagem baseada em soluções, projetada para permitir crescimento sem limitação e congestionamento tradicionalmente associados aos serviços daquela região.

PUBLICIDADE  

A rede baseia-se na Seabras-1, infraestrutura da companhia para fornecimento de serviços entre os centros comerciais do Brasil e dos EUA. Segundo a empresa, são oferecidos benefícios adicionais aos clientes, incluindo contratos de capacidade consolidados e cobrança com SLAs, arquitetura com tecnologia coerente de 100 Gbps em uma solução ponta a ponta de Nova Jersey a São Paulo e soluções proprietárias de latência ultra baixa para os serviços financeiros verticais.