Wirelink expande atuação em todo o país mirando o mercado B2B


Crédito: Diogo Araújo
Crédito: Diogo Araújo

A Wirelink expandiu a oferta dos seus serviços voltados ao mercado B2B para todas as regiões do Brasil. A estratégia agora é fortalecer a nacionalização, junto ao mercado corporativo, governos, operadoras e provedores. Esse movimento faz parte da estratégia Alloha Fibra (Holding de telecomunicações da eB Capital) de consolidação do mercado de telecom independente e investimentos em ativos com propósito na sociedade.

Detentora da maior conectividade PTT do Brasil, cobertura em todos os estados e mais de 2 Tbps de tráfego (em crescimento contínuo), a Wirelink aposta em focar 100% no mercado B2B e aproximar o conteúdo do usuário final.

PUBLICIDADE

“Nascemos e temos nos fortalecido ao longo dos anos como empresa que oferece soluções para outras empresas. Por isso somos referência no atendimento B2B, pois esta é a prioridade da Wirelink e cada passo que damos é pensando nisso”, diz o diretor comercial Vanderson Santana.

Com backbone moderno de 60 mil km e cobertura em mais de 400 cidades, a meta para 2022 é chegar a mais de 100 mil km. Para alcançar os planos de nacionalização, a empresa (que tem escritórios em Fortaleza (CE) e São Paulo (SP), além de equipes em várias regiões do Brasil) contrata mão de obra especializada em todo o país. Pela carência de profissionais que atendem ao perfil específico, a empresa conta com programa próprio de capacitação, que em 2021, por exemplo, formou centenas de novos profissionais.(Com assessoria de imprensa)

 

Previous Para Abrint, novo PGMC deve resolver acesso a postes e a espectro
Next Direito ao esquecimento não obriga a exclusão de notícia em site

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.