O Ministério da Fazenda aprovou projeto da Brisanet Serviços de Telecomunicações para prestar serviço de acesso à banda larga no Ceará, com benefício da Sudene. O provedor vai ofertar SCM com desconto de 75% do Imposto de Renda de Pessoa Física por dez anos. Em contrapartida, vai empregar diretamente 253 pessoas.

O projeto foi aprovado pelo Ministério da Integração Nacional e será instalado na cidade cearense Pereiro. A confirmação do benefício foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5).

A Brisanet atua nos estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A operadora oferece serviços de internet, TV e telefonia, em planos para residências e empresas.

Recentemente, a empresa ingressou com recurso na Anatel  alegando que o atual quadro regulatório de (in) definição sobre o que é o prestador de pequeno porte está gerando uma grande  insegurança jurídica, e sugeriu que  as exigências do regulamento de qualidade do serviço de banda larga (Rqual) fiquem suspensas para as pequenas empresas, até que a situação seja definitivamente esclarecida pela agência.