Do Tele.Síntese

Terminaram as eleições para formação do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), organismo que estabelece as diretrizes para a internet no país. Apesar do período de interposição de recursos, apenas um questionamento foi interposto, e desconsiderado por chegar fora do prazo. Com isso, a lista final não trouxe nenhuma mudança em relação ao resultado preliminar, divulgado semana passada.

O terceiro setor será representado por Thiago Tavares, Percival Henriques, Flávia Lefévre e Tanara Lauschner. Terá como suplentes Washington Barbosa, Amanda Oku, Márcio Lira e Carlos Souto.

A comunidade científica elegeu Sérgio Amadeu, Marcos Dantas e José Luiz Ribeiro Filho. Os suplentes são Lizandro Granville, Flávio Wagner e Vanda Scartezini.

Os provedores de acesso estarão representados por Eduardo Parajo; como suplente, Cristiano Flores. As operadoras, por Eduardo Levy, tendo Alexander Castro como suplente.

O setor de TI terá Henrique Faulhaber e John Forman (suplente), e, os usuários, Nivaldo Cleto e Luiz Bortolin (suplente). Eles assumem os cargos em 1º de junho.

As eleições não alteram a composição do governo no CGI, que traz nove representantes vindos do MCTIC, Ministério da Defesa, MDIC, Anatel, Casa Civil, CNPq; e o representante de notório saber Demi Getschko.