Ferramentas do Google podem ajudar durante a quarentena


Em tempos de isolamento social, é natural que as pessoas busquem maneiras de manter um senso de comunidade. Para isso, o Google Maps disponibiliza o “My Maps” para quem quer ajudar outras pessoas a obter informações de localidades e o “Horários de pico” para que os usuários saibam qual o horário em que determinados estabelecimentos estarão cheios ou vazios.

A ferramenta My Maps ajuda as pessoas a criar seu próprio Google Maps personalizado. Com uma interface simples de arrastar e soltar, você pode adicionar marcadores, desenhar linhas e incorporar texto, fotos e vídeos.

Segundo o Google, nos últimos quatro meses, houve um aumento de quase um bilhão de criações, edições e visualizações do My Maps em comparação com o mesmo período do ano passado, passando de dois bilhões para quase três bilhões. Com o My Maps, as comunidades podem compartilhar informações de locais úteis em situações que mudam rapidamente – desde os locais de testes COVID-19 e bancos de alimentos até onde os socorristas podem acessar as instalações de assistência à infância.

PUBLICIDADE  

A função “Horários de pico” no Google Maps mostra o nível de visitas no estabelecimento que se deseja visitar por meio de informações anônimas e agregadas. Ao procurar, por exemplo, por um mercado ou uma farmácia, as pessoas podem ver quais são os dias e horários mais movimentados para decidir a melhor hora para visitar.

Além disso, o “Horários de pico” também mostra informações em tempo real e as compara com o histórico para mostrar quando um local tem mais público que o normal e oferece uma estimativa do tempo de espera naquele momento. Dessa forma, você pode fazer uma visita mais inteligente e evitar multidões.(Com assessoria de imprensa)

Previous AH Provedor passa a oferecer serviço de vídeo da Guigo TV
Next IBGE: banda larga fixa lidera no Nordeste

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *