Guigo TV oferta solução de streaming sob medida


A Guigo TV tem uma proposta para provedores regionais que alia inovação e custo/benefício. A solução tenta abranger ISPs de todos os tamanhos, e dá possibilidade para que o serviço seja entregue de imediato, conforme explica o Head of Sales da empresa, Carlos Reis. “Operadoras com 100, 200 usuários já estão querendo agregar serviço inovador para fazer frente à concorrência, que não é pequena”, afirma. 

Pela proposta, sem impacto de investimentos, custos com setup box, que limita as operações, a Guigo entrega tanto a parte tecnológica, sem necessidade de pagar transporte ou investimentos em CDN, servidores ou headend. A empresa de TV, em parceria com a Akamai, entrega um serviço de live streaming mais Vídeo sob demanda na mesma experiência, com 100% de contratos legalizados. 

O aplicativo entregue já vem com a marca do ISP em 10 formados diferentes e disponibiliza o conteúdo em CDN da Akamai e em PTTs distribuídos em todo o Brasil. “O provedor não precisa buscar esse conteúdo, que gera um custo, ele é entregue criptografado e em rede aberta”, disse Reis. 

Segundo o executivo, a oferta, que começou no final de março para abril, tem tido muita procura em todas as regiões do Brasil, acima das expectativas da empresa. “A gente está procurando implantar esse modelo da melhor forma, conversando com os provedores para mostrar como a Guigo opera e como funciona esse mercado”, disse Reis. 

Além do serviço, a Guigo apoia o provedor na área de marketing. “Tem todo um enxoval que entregamos para nossos clientes, inclusive com postagens para redes sociais, obedecendo as políticas de uso de marca das programadoras”, disse. 

Os modelos de negócios, de acordo com Reis, variam em função do tamanho do provedor. Os menores começam com valor menor, que vai crescendo à medida que os clientes são ativados. “O provedor pode controlar a sua fatura, o que traz bastante interesse na oferta”, disse. 

Para os provedores de maior porte, que trabalham com lucro real, a vantagem vem por meio dos benefícios tributários do SVA (serviço de valor adicionado). “Nossa intenção é agregar centenas de IPSs por ano”, afirmou. 

 

Previous Os caminhos para a inovação no Brasil
Next NFT: o novo mercado bilionário derivado do blockchain

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *