Interjato Soluções adota participação nos lucros para motivar equipe


Com o objetivo de motivar sua equipe, a Interjato Soluções adotou a participação nos lucros ou resultados (PLR). O modelo de remuneração tem como objetivo alinhar as estratégias da empresa às aspirações de seus funcionários. Por meio de metas pré-estabelecidas e critérios claros, os profissionais podem incrementar os ganhos também em prazos definidos.

A novidade implementada tem funcionado. Para Ruan Cordeiro, projetista de Telecomunicações e colaborador da empresa, “a PLR fomenta competitividade interna de forma saudável, despertando um maior desejo de desenvolvimento contínuo individual e de toda equipe”, declarou. A empresa fornece tecnologias para integração digital em todo o Nordeste.

Os benefícios passam a ser de todos os envolvidos no processo, uma relação ganha-ganha. O modelo vem crescendo nos últimos anos, como observa a coordenadora de RH da Interjato Soluções, Anne Azevedo: “A PLR gera na equipe um maior engajamento, um maior comprometimento com as metas e resultados, melhora o clima organizacional e com certeza desperta no colaborador o sentimento de pertencimento”, destaca.

PUBLICIDADE  

A divisão deve ser justa e refletir de forma transparente e consistente por meio de indicadores dos rendimentos atingidos. O modelo tem legislação específica no Brasil através da Lei 10.101, onde não há incidências de encargos trabalhistas, mais um atrativo da opção, pois direciona as equipes ao resultado e o custo tem menores impactos para empresa.

Erich Rodrigues, CEO da Interjato Soluções, considera a implementação positiva: “Quando falamos de pessoas e dos nossos colaboradores, temos estratégias de seleção, qualificação e retenção dos nossos profissionais e nisso a PLR encaixa muito bem, porque passa a mensagem de pertencer e fazer parte de algo maior, não só com um propósito maior, mas também que os resultados oriundos dos esforços são compartilhados”.

O empresário também vê resultados no serviço prestado pela Interjato Soluções através do incentivo aos colaboradores: “Numa estratégia de diferenciação, pois precisamos de pessoas diferenciadas, a PLR vem muito bem no sentido da motivação e também naturalmente da retenção de talentos para fazermos as entregas acima da média aos nossos clientes”, destacou.(Com assessoria de imprensa)

Previous O que esperar do setor de redes corporativas em 2021
Next Jony Cruz afirma que será o porta-voz dos provedores no colegiado da Anatel

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *