Provedores de conteúdo e de acesso à Internet, entre outros participantes do IX.br em Salvador (BA), já podem aderir ao OpenCDN, iniciativa do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) e do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). O OpenCDN cria condições para diminuir a distância entre os conteúdos disponíveis on-line e os usuários locais de Internet e, na prática, representa melhoria na velocidade, no custo e na qualidade do acesso à Internet.

A região metropolitana de Salvador foi a primeira a receber o OpenCDN por possuir um número expressivo de redes interligadas e apresentar potencial de crescimento. “A Bahia possui 321 sistemas autônomos sendo que, destes, 134 estão localizados num raio de 80 km do Ponto de Troca de Tráfego do IX.br. Essa proximidade facilita a ligação direta ao Internet Exchange (IX) local, que hoje conta com mais de 50 participantes”, comentou Antonio Moreiras, gerente de Projeto e Desenvolvimento do NIC.Br

Haverá um período de gratuidade até o mês de agosto, quando os custos passarão a ser divididos entre os participantes. “A expectativa é de que seja um valor muito baixo”, explicou Moreiras. A partir da evolução da iniciativa em Salvador, o OpenCDN poderá ser estendido para outros Pontos de Troca de Tráfego do IX.br ainda neste ano.

(Com assessoria de imprensa)