Cisco, líder mundial em telecom, fez uma estimativa sobre o uso de dados móveis do consumidor brasileiro para 2020 e projetou que será de 2.0 gigas por mês. Contudo, se o consumo médio mensal dos usuários será de apenas 2.0 gigas, então por que as operadoras tradicionais continuam oferecendo tantos pacotes de 8 ou de até 10 gigas por mês?

A resposta para a Fluke – a nova operadora móvel do mercado – é simples: essas empresas ganham quando conseguem manipular a percepção do usuário para conseguir lucrar sobre o preço unitário do giga. “As operadoras criam campanhas de vendas dos planos de modo que o usuário tenha a impressão de que está pagando mais barato. Porém, normalmente o usuário não consegue entender as demandas e a realidade dos seus usos” afirma.

– É por isso que as operadoras já contam com esse desperdício (breakage, como se fala no jargão técnico) e estimam que, pelo menos, 30% de um pacote contratado será desperdiçado. Além disso, o que completa a estratégia comercial dessas operadoras tradicionais é a prática comum de impor uma validade (seja de um dia, uma semana ou um mês) para a utilização da franquia de internet, garantindo que esse desperdício aconteça quando o plano expira. E é fácil perceber a resistência das operadoras às iniciativas que visam favorecer o acúmulo da franquia não utilizada”, avalia.

A visão da Fluke

A Fluke afirma que acredita na transparência e personalização dos processos. A empresa diz ter consciência destas questões existentes no mundo da telefonia e acredita que o consumidor tem o direito de usar tudo aquilo que de fato comprar. “Foi para isso que a Fluke nasceu, apostando na viabilização de assinaturas semanais e gigas que não expiram para os seus usuários”, diz a operadora.

Ao se tornar cliente Fluke o usuário pode contratar as opções que mais se adequam ao seu uso. Partindo das opções de 0.5 giga, 30 minutos, ou 10 SMS, é possível contratá-las como preferir: uma só, duas delas, as três juntas, um pouco de cada, enfim, da forma que o consumidor desejar. E se a franquia acabar antes, não tem problema, porque não existem custos adicionais para comprar opções extras.

– Por isso a Fluke é a nova maneira de fazer telefonia móvel no Brasil, com absoluta transparência e liberdade para o cliente. Todas as ferramentas são disponibilizadas de forma clara, fazendo com que você possa acompanhar seu consumo e flexibilizar, sempre que desejar, o serviço contratado”, observa a empresa.

Quer conhecer mais sobre a Fluke e fazer parte dos primeiros usuários? Acesse flu.ke para se cadastrar e também não deixe de acompanhar o blog da startup para conhecer mais sobre telefonia móvel no Brasil.(Com assessoria de imprensa)