A fintech Jeitto concede um limite inicial de crédito entre R$ 35 e R$ 150 por mês, podendo chegar a até R$ 500, a uma parcela da população pouco assistida pelo sistema financeiro tradicional. Até o fim do ano, o app terá concedido aproximadamente R$ 80 milhões em crédito aos usuários.

A fintech espera fechar 2020 com mais de 600 mil usuários utilizando o aplicativo. A base de novas contas no aplicativo aumenta cerca de 30% ao mês.  Com isso, até o fim de 2022, o Jeitto deve ultrapassar a marca de 2 milhões de usuários. A empresa já aprovou crédito para cerca de 90 mil pessoas.

O crédito concedido a pessoas físicas pela fintech fica disponível em uma conta digital. Até esse ano, os usuários podiam utilizar o limite somente nos serviços oferecidos dentro da conta digital do aplicativo Jeitto, para pagar contas de consumo ou recargas de celular e de transportes, por exemplo. Agora, também é possível usar a linha de crédito para recarregar carteiras digitas, cartões pré-pagos e fazer compras em e-commerce e marketplaces.

PUBLICIDADE  

Com o novo serviço, aplicativos como os de entrega de comida e mobilidade, por exemplo, terão acesso aos milhões de brasileiros que enfrentam dificuldades para comprar pela internet ou utilizar apps de serviços, por não ter conta em banco ou cartão de crédito.(Com assessoria de imprensa)