A Fibracem registrou uma expansão de 59,6% no seu faturamento nos quatro primeiros meses do ano. Ela alcançou um resultado de R$ 25,8 milhões contra R$ 16,2 milhões no mesmo período de 2017. A empresa investiu também em novo modelo de distribuição e São Paulo vai ganhar no segundo semestre o primeiro Centro de Distribuição da fabricante.

No acumulado de janeiro a abril, a empresa colocou 102.847 caixas de emenda no mercado de telecomunicações, um dos seus principais produtos, e quase oito milhões de metros de cabos ópticos. Com seu novo Centro de Distribuição, a empresa prevê embarcar mais de 500 mil metros de cabos ópticos e mais de 16 mil conjuntos de emendas por mês.

“Acreditamos que novidades em produtos, melhoria de processos internos visando maior produtividade, atualização de maquinários e política de preços e de posicionamento no mercado contribuíram consideravelmente para esse crescimento”, comentou a diretora de marketing da empresa, Carina Bitencourt.

A empresa cresceu ainda em número de profissionais qualificados. De janeiro a abril, a quantidade de mão de obra teve uma expansão de 20%, passando de 170 para 210 profissionais de diversas áreas, como engenharia e administrativo.