Em processo de expansão da base de clientes, a Sumicity, operadora de telecomunicações com atuação no Rio de Janeiro, no Sul do Espírito Santo e Zona da Mata de Minas Gerais, inaugura nesta terça-feira, 25, seu complexo de operações na cidade de Carmo (RJ). O projeto, que compreende quatro instalações — loja, call center, datacenter e centro de treinamento —, recebeu um investimento de R$ 4,5 milhões e é peça-chave da estratégia de expansão da Sumicity, que almeja se firmar como a principal operadora regional do Sudeste brasileiro.

A meta da empresa é alcançar, até o ano 2022, 500 mil assinantes e, para cumprir esse objetivo, entendeu a necessidade de contar com uma estrutura que comportasse o crescimento da base de clientes e, ao mesmo tempo, ajudasse a oferecer o suporte técnico necessário e de qualidade aos usuários. “Vivenciamos um momento de profissionalização e, para promover todas essas mudanças, tivemos um olhar de empatia para as necessidades dos nossos clientes. Tudo o que planejamos é customizado para o perfil de quem atendemos em nossa base”, explica o CEO da Sumicity, Fábio Abreu.

A operadora já está presente em 38 cidades e conta 150 mil clientes — o plano, segundo o executivo, é chegar a 200 mil até dezembro, ampliando os atuais 20% de market share para 28%. A companhia está faturando cerca de R$ 15 milhões por mês.

O datacenter, recentemente construído, faz parte do planejamento de expansão da empresa, para manter a qualidade dos serviços prestados neste momento de crescimento, e sem impactar na operação. Composto por 20 racks e as soluções mais modernas disponíveis no mercado, é o primeiro do gênero no Brasil que foi concebido utilizando os novos sistemas de confinamento da Panduit e de ar condicionado de precisão da Vertiv, lançados no segundo semestre de 2018.

A empresa também apresentará no evento a nova loja e um novo call center de atendimento, que aumenta a resiliência e disponibilidade dos serviços de TV para os clientes. Ao todo, foram mais de R$ 1 milhão em investimentos. A Sumicity também mostrará o seu moderno centro de treinamento, com capacidade para treinar 40 colaboradores próprios e de terceiros por semana e salas para avaliação teórica ao final de cada curso, com investimentos de quase R$ 1 milhão.(Com assessoria de imprensa)