Os atuais e futuros consumidores de serviços de telecomunicações ganharam hoje, 23, uma nova ferramenta online para fazer comparações de preços e especificações das ofertas promovidas pelas operadoras do setor.  

Trata-se do aplicativo Anatel Comparador, que já está disponível para download nas versões para Android e iOS. É gratuito e oferece informações para busca e comparação de 380 ofertas de telefonia fixa e celular, banda larga fixa e TV paga. Segundo a Anatel, a plataforma foi criada para ajudar os consumidores a descobrirem os planos que
mais cabem dentro do orçamento e perfil de consumo. 

O aplicativo desenvolvido pela Anatel apresenta ao consumidor, em sua região, a possibilidade de buscar ofertas. É apontado pela agência como instrumento para uma escolha de consumo consciente, em que o consumidor pode avaliar a oferta de serviço e a operadora que melhor atende suas necessidades. No início, o Anatel Comparador não exibe os valores de combos— que costumam ser mais em conta. Isso deverá ser inserido mais adiante. O aplicativo está disponível na loja de aplicativos do Google e da Apple. 

PUBLICIDADE  

“Transparência na relação de consumo é fundamental e tem um poder de mercado significativo”, afirmou o presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Leonardo Euler de Morais, em evento online que marcou o lançamento do aplicativo. 

Entre os serviços disponíveis no app estão os oferecidos pelas maiores operadoras do país (Claro, Oi, Sky, Tim e Vivo). Já há três provedores regionais (Algar, Brisanet e Cabo Telecom). Outros também podem enviar ofertas pelo e-mail gaac@anatel.gov.br. 

INFORMAÇÕES DAS OPERADORAS 

O app permite avaliar a oferta dos serviços por diferentes padrões de pesquisa, como preço, franquia, aplicativos incluídos na oferta, tecnologia, canais (para a TV por assinatura), entre outros. As informações serão fornecidas e atualizadas pelas prestadoras dos serviços. 

“Se o consumidor encontrar no aplicativo uma oferta com preço menor do que o oferecido pela operadora, prevalece o preço do aplicativo porque é fornecido pelas empresas”, explicou o superintendente de Competição da Anatel, Abraão Albino e Silva. Acrescentou que a ferramenta seleciona as informações, inclusive por preço, mas tem postura de neutralidade sobre as ofertas, cabendo ao consumidor a decisão. 

Na tela inicial do app, o consumidor tem a possibilidade de escolher um dos quatro serviços de telecomunicações disponíveis para busca. De acordo com os filtros aplicados, ele terá à sua disposição uma lista de informações com as ofertas. A partir daí, poderá selecionar até três opções para comparação. O aplicativo exibe as ofertas lado a lado, o que possibilita ao usuário uma visão mais completa das facilidades apresentadas. Além disso, o usuário poderá acessar diretamente pelo aplicativo o regulamento e o site da prestadora responsável por aquela oferta. 

Presente ao evento, Marcos Ferrari, presidente do SindiTelebrasil, o sindicato das operadoras, elogiou a iniciativa. Apontou, porém, que o aplicativo oferece as informações que já estão disponíveis aos consumidores. “O aplicativo traz essas informações, mas é importante complementar com informações constantes nos sites das operadoras”, recomendou.(Por Abnor Gondim)