Brasil soma 100 mil antenas de celular, informa SindiTelebrasil


O número de antenas de telefonia e internet móvel no Brasil cresceu 6% de maio desde 2019O com a instalação de 5.612 novas estações, chegando a 100 mil unidades. Porém, segundo o SindiTelebrasil, o ritmo do licenciamento de antenas pelas prefeituras precisa ser acelerado para acompanhar a crescente demanda da população pelos serviços. “A cada minuto, 33 novos chips de 4G são ativados no país e o uso da internet tem sido cada vez mais essencial na vida dos brasileiros”, diz a entidade.  

O sindicato informa que existem mais de 4 mil pedidos de instalação de antenas apresentados pelas operadoras e aguardando licenciamento pelas prefeituras nas grandes cidades. Esses pedidos representam cerca de R$ 2 bilhões em investimentos. “O número de antenas, apesar do avanço expressivo, ainda está muito aquém da necessidade de cobertura no País para promover uma maior inclusão digital”, presidente executivo do SindiTelebrasil, Marcos Ferrari, lembrando em algumas cidades o licenciamento leva até dois anos para sair. 

Caso os mais de 4 mil pedidos tivessem sido aprovados pelas prefeituras de grandes cidades, o ritmo de expansão seria praticamente o dobro. Mas uma série de legislações municipais antigas tem dificultado a expansão das redes, avalia o executivo. 

PUBLICIDADE  

A cobertura das redes e o mapa de antenas por município podem ser encontrados na página Fique Antenado! (http://www.agenciatelebrasil.org.br/fiqueantenado), que reúne conteúdos e dicas sobre a instalação de antenas de celular e internet móvel, incluindo estudos, entrevistas, vídeos, cartilha, gráficos, legislação e os rankings das Cidades Amigas da Internet e de Serviços de Cidades Inteligentes.(Com assessoria de imprensa) 

Previous FGV e NIC.br oferecem cursos gratuitos sobre Direitos Humanos na Internet
Next STF valida lei do RJ que proíbe fidelização em contratos de serviços de telecom

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *