ISPs já somam 40% dos contratos da InfraCo, afirma CEO da Oi


A estratégia da Oi, que anunciou a venda da maioria de seus ativos, para se concentrar em uma rede neutra de banda larga fixa, conta com uma importante parceria dos operadores regionais de banda larga. E, segundo Rodrigo Abreu, que apresentou hoje, 12, em conferência aos analistas, os resultados do terceiro trimestre, essa escolha foi acertada. “Pelo menos 40% dos contratos firmados pela empresa vieram dos ISPs”, comemorou ele.

Conforme os resultados apresentados, no trimestre a companhia adicionou 1,1 milhão de HPs (casas aptas a receber conexão por fibra) a sua base, média mensal superior a 382 mil HPs no 3T20. Este foi o quinto trimestre consecutivo com incrementos de mais de 1 milhão de HPs à infraestrutura de FTTH.

PUBLICIDADE  

Ao fim deste 3T20 a fibra já representa 40% de todos os clientes de Banda larga residencial, no 3T19 este percentual era de aproximadamente 8%. No total, a Oi já conta com 7,9 milhões de residências com disponibilidade de fibra óptica (home passed) e deverá acabar o ano com 8,8 milhões de HP, disse ele.

A operadora fechou com prejuízo de R$ 2,63 bilhões, contra prejuízo de R$ 5,74 bilhões no mesmo período do ano passado e caixa de R$ 5,7 bilhões.

Previous ISPs brasileiros aceleram em direção à rede 5G e ao Edge Computing
Next Indústria de Telecom sofre com falta de insumos, diz Fibracem

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *