ISPs vão conectar 16 mil UBS, mas governo terá que comprar 50 mil PCs


Enquanto o coronavírus avança para o interior do país, o governo ainda corre para conectar 16 mil das 47 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS). Nesta quarta-feira, 1º, os Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Saúde, fecharam o acordo com os ISPs que vão levar fibra óptica para os centros de saúde, já com previsão de inadimplência por pelo menos 90 dias.

Porém, ainda estão fechando a compra de 50 mil computadores e o programa para instalação da telemedicina nas unidades. “Todo mundo está correndo para levar o atendimento remoto nos postos de saúde”, afirma o presidente da Abramulti, Robson Lima, que tem participado remotamente de todas as negociações.

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) será responsável pela contratação das conexões, mas precisa fazer todo o processo licitatório para  começar a pagar os ISPs. “Esse ponto já está bem adiantado”, disse Lima.

PUBLICIDADE  

A conexão das Unidades Básicas de Saúde é imprescindível para identificar a contaminação das pessoas pelo COVID-19 fora das grandes cidades. Para Lima, a mobilização dos ISPs foi recorde (em apenas 10 dias) e mostra a importância dessas empresas no cenário nacional.

Previous PGR exige decisão da Anatel sobre manutenção de serviços a inadimplentes durante a pandemia
Next Em live, Abramulti e RedeteleSul debatem inadimplência

1 Comment

  1. Avatar
    3 de abril de 2020
    Responder

    Os ISPs são uma peça fundamental para atravessar essa crise mundial, eles fazem ser possível o andamento de vários setores, tanto no setor de saúde, interligando as UBS, quanto nos demais setores, com seus funcionários trabalhando de casa e com os provedores intermediando essa conexão. O ano de 2020 nos trás essa visão, manter cada vez mais os negócios online, a https://conecte.ai vem para impulsionar os negócios dos provedores no ambiente digital, trazendo para o mercado de ISPs o acesso ao canal de vendas online!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *