Watch Brasil abre para ISPs pacote de streaming com canais lineares


Watch Brasil inicia a oferta de canais lineares da TV aberta por meio do streaming, no modelo de vídeo sob demanda (VOD), iniciando no dia 05 de abril de 2021. Criado a partir de uma parceria com a TV Alphaville, o novo pacote possui diversos canais, incluindo Band, Band Sports, Band News, Terra Viva, Cultura, Record, Record News, Rede TV, SBT, Arte1, Agro1, Smithsonian Channel, Fish TV e CNN Brasil.  

“Desenvolvemos um produto chamado Alpha Life, um co-branded com a TV Alphaville com a Watch Brasil, onde utilizamos o sinal deles e empacotamos o conteúdo para venda e distribuição via OTT. Já temos dois grandes clientes utilizando o produto, que são o Uol Play e a Vero Vídeo. Agora estamos abrindo para ISPs de todo Brasil. Por outro lado, nossa parceria acabou tendo um outro resultado, a TV Alphaville passou disponibilizar em seu canal a cabo a oferta da Watch Brasil para seus assinantes”, conta Maurício Almeida, cofundador da Watch Brasil.  

PUBLICIDADE  

“A parceria tecnológica com a Watch Brasil nos propicia ampliar nossa presença, pois acabamos atuando sem fronteiras, pela internet. Além disso, passamos a entregar mais valor agregado com as mais de 5.000 mil horas de conteúdo de estúdios de Hollywood para nossos clientes locais”, afirma Cristina Mizumoto, diretora da TV Alphaville. 

Os ISPs poderão adquirir o pacote Watch Brasil de Canais Lineares Alpha Life em diversos formatos, incluindo o serviço de VOD independente da quantidade de acessos contratada por cada provedor. “A evolução tecnológica viabilizou o compartilhamento do headend ajudando a colocar todos os canais em streaming. Entregamos uma solução completa de VOD combinada com canais lineares, com ou sem set top box,  conferindo modernidade e maior flexibilidade para quem contrata”, explica Marcello Zeni, advisor da Watch Brasil e da TV Alphaville.    

O cofundador da Watch Brasil comenta que, no passado, quando os streamings foram lançados, a sensação das pessoas era de que o VOD mataria a TV aberta. “Hoje brincamos que o streaming vai ‘salvar’ a TV aberta, pois o consumidor se acostumou de tal forma ao modelo do VOD que muitas famílias cancelaram qualquer plano de TV a cabo. Além disso, em regiões mais distantes, o canal tradicional da TV aberta não chega com qualidade. Nesses lugares, os ISPs que fornecem serviços de internet por meio de fibra de alta velocidade podem levar os canais digitais a estas regiões com altíssima definição e aumentar a audiência na região”, declara Almeida.  

Os clientes poderão acompanhar a programação ao vivo, da mesma forma que em um canal linear, porém, com a diferença de que estarão fazendo o acesso pela internet. Além disso, será possível usar o recurso de catch-up que permite voltar em até 4hs na programação. Os canais funcionarão em mais de 30 diferentes devices, incluindo smartphones, computadores e smart TVs. 

Mais informações sobre como adquirir canais de TV aberta para os ISPs, entrar em contato com https://watchbr.com.br/ (Com assessoria de imprensa) 

Previous Pluto TV completa 100 dias no Brasil com mais conteúdo, assinantes e anúncios
Next Mais um ISP renuncia às radiofrequências adquiridas em 2015

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *