Western Digital traz dicas importantes para backup de dados


Já imaginou perder um documento importante logo naquele dia em que você mais precisava? Ou sofrer um roubo e perder todas as suas fotos e mensagens que estavam salvas no smartphone ou notebook? Questões como essas podem ser evitadas quando um backup planejado e bem feito ajuda a manter seus dados seguros – sejam eles pessoais ou profissionais. O Dia Mundial do Backup, reforçado desde 2011 todo dia 31 de março, vem justamente para conscientizar sobre a importância desse armazenamento correto. Pensando nisso, a Western Digital preparou uma lista de dicas para mostrar que um bom backup não é nenhum bicho de sete cabeças e pode garantir um armazenamento seguro. 

“Com 50 anos de história, a Western Digital respira armazenamento e sabemos que todos têm histórias e momentos importantes para guardar e compartilhar. Daí a importância de ir além de apenas um backup por ano, é preciso ter soluções à mão, disciplina e cuidado, garantindo que essas memórias sejam bem armazenadas, para que possam ser revividas, comprovadas ou contadas”, explica João van Dinteren, Engenheiro Sênior da Western Digital. 

Para ajudar a incentivar e mostrar como um bom armazenamento de arquivos pode salvar, o executivo reforça dicas simples de seguir e que podem fazer toda a diferença no dia a dia de quem lida com dados, produz conteúdo e, até mesmo, quem quer manter suas memórias sempre à mão. Confira: 

PUBLICIDADE  

Cheque a importância dos documentos e salve versões mais atuais: para iniciar o backup, você deve levar em consideração a importância de cada documento. Às vezes, várias versões de um mesmo arquivo são criadas, por exemplo, e provavelmente não há necessidade de salvar todas. Considere os arquivos em suas versões aprovadas ou em andamento.  

 Escolha o tipo de armazenamento que melhor se adeque a suas necessidades: contamos hoje com uma variedade de plataformas e dispositivos para o armazenamento. Por isso, é importante avaliar a quantidade de dados que possui e o quanto disso é criado diariamente para que, assim, seja possível definir o espaço necessário, que pode ser medido em GB e/ou TB. Pode-se utilizar dispositivos de backup de estado sólido, como cartões de memória e pen drives, HDD externo, armazenamento de rede, como NAS e Nuvem Personalizada, ou até Data Centers. A escolha deve levar em consideração o perfil do usuário, o risco/benefício do valor a ser investido e a possibilidade da perda do arquivo em questão. 

Defina a periodicidade para o backup: realize o armazenamento de todos os seus arquivos. Depois, faça o backup a cada nova alteração relevante ou sempre que precisar. Leve também em consideração que, em alguns casos, podem ser feitas mais de uma versão daquele arquivo. 

Considere a possibilidade de precisar restaurar um backup: mesmo quem tem o hábito de fazer backups sabe que corre o risco de apagar ou perder algum documento que não deveria. Neste caso, o uso de um software desenvolvido para a restauração do backup, seja pago ou freeware, pode ajudar a recuperá-lo. Esse processo também pode ser realizado manualmente, mas pode ser mais demorado do que quando é possível usar um software apropriado. 

Dados profissionais e pessoais são diferentes: o backup empresarial deve prezar por salvar os arquivos que são ligados à empresa, não permitindo que os funcionários acessem sem permissão ou, até mesmo, salvá-los para uso pessoal. As companhias precisam ter uma política de armazenamento e um responsável pelo gerenciamento destes dados, sem falar claro de soluções robustas e cheias de tecnologia – que irão auxiliá-los nesta gestão dos dados. Já o usuário comum, é ele quem deve avaliar e priorizar o que lhe é mais importante. Entendendo seu perfil e quais tipos de dados ele precisa armazenar, fica mais fácil de buscar por soluções que possam atendê-lo. Independente do caso, o backup deve ser um aliado tanto na vida profissional quanto na pessoal. 

Seguindo a temática, existem soluções para todos os tipos de necessidades, como pendrivesSSDsHDDs, entre outros. A Western Digital e suas marcas contam com soluções tanto para uso pessoal quanto profissional.  

Abaixo, algumas opções disponíveis no mercado que podem ajudar no backup diário: 

  • SSD portátil SanDisk Extreme – ideal para quem precisa de portabilidade, velocidade e segurança para os dados. Com um design pequeno que facilita o transporte, cabe dentro do bolso e é indicado para salvar e editar fotos e vídeos de alta resolução, além de apresentações e pequenas produções.  
  • HDD externo portátil WD My passport – armazenamento portátil confiável com um design que cabe na palma da mão e que oferece espaço para armazenar, organizar e compartilhar fotos, vídeos, músicas e documentos com segurança.  
  • SSD externo portátil WD My Passport – para backup de documentos e portabilidade. Otimiza e facilita os processos de trabalho, pois conta com desempenho de último nível e velocidades de até 1.050* MB/s e tecnologia NVMe. Protege os dados usando criptografia por hardware e permite acessar os arquivos a qualquer momento e lugar. Além de ter um design ousado, em metal, é resistente à vibração e choques.  
  • My Cloud Home – dispositivo de armazenamento que se conecta diretamente ao roteador Wi-Fi, permitindo salvar, organizar e controlar com facilidade todo o conteúdo digital em um ponto centralizado, permitindo acessar os documentos via wireless. 

Campanha Backup SALVA 

Além disso, por conta do Dia Mundial do Backup (31), a Western Digital, apoiada por suas marcas, como SanDisk e WD_BLACK, lançam campanha para conscientização sobre a necessidade do armazenamento seguro dos dados, sejam pessoais ou profissionais. O movimento ‘Backup Salva’ irá estimular, por meio de ativações nas redes sociais, dicas de especialistas e mídia programática, que as pessoas compartilhem suas histórias e experiências de como foram salvos pelos backups de seus arquivos.  

A ideia será baseada na pergunta: Como o backup já te salvou? – o que deverá estimular que mais pessoas se atentem ao fato de que um backup bem realizado e com as tecnologias certas pode fazer toda a diferença. A ação deverá sugerir as marcações: #WorldBackupDay #WDBackupSalva #WDBrasil (Com assessoria de imprensa) 

Previous Oi já negocia com 1,5 mil ISPs a sua rede neutra
Next Anatel quer ouvir sociedade sobre taxas em telecom

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *