Os provedores regionais de internet dobraram a oferta de banda larga em três passando, passando de 1,5 milhão de linhas em 2013 para 3 milhões de linhas em 2016, segundo a Anatel. Conforme o conselheiro da agência, Aníbal Diniz, no ano passado, os pequenos provedores foram responsáveis pela oferta de 466 mil acessos banda larga fixa no Brasil, ou mais de 40% dos novos acessos ativados. Em janeiro deste ano, os provedores ativaram quase de 80% dos 135 mil novos acessos habilitados.

“Enquanto os grandes choramingam, os pequenos crescem e aparecem. Não têm se ajoelhado à crise”. elogiou Diniz, durante o Encontro Provedores Regionais, promovido em Brasília pela Bit Social, com o apoio da Momento Editorial.

O conselheiro defendeu que o fundo garantidor, reivindicado pelos pequenos provedores, seja constituído com recursos dos fundos setoriais de telecomunicações.