Abrint orienta ISPs sobre ataques DDoS


Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

A Abrint divulgou comunicado alertando para o elevado número de ataques DDoS sobre as redes dos provedores regionais de internet no Brasil. “Os ataques cibernéticos têm se multiplicado ao longo dos últimos meses, com inúmeros relatos de ataques recorrentes nos estados do Paraná, São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro”, afirma a entidade. A associação informa que está engajada com as autoridades competentes e provedores regionais para auxiliar nas investigações e garantir resolução célere sobre os fatos.
Com o grande avanço da conectividade e da multiplicação de dispositivos conectados nos últimos anos, é imperativa a necessidade de maior conscientização, capacitação e investimento em segurança cibernética no país, diz a entidade. Além disso, reforça a importância de maior participação dos representantes das Prestadoras de Pequeno Porte (PPP) nos grupos de governança de segurança cibernética do Governo Federal.

Orientações aos provedores em caso de ataques

PUBLICIDADE

A Abrint orienta a todos os provedores que identificarem ataques cibernéticos a suas redes e serviços que:

  1. Registrem Boletim de Ocorrência em sua delegacia local, detalhando o ataque com as informações disponíveis (como horário, IP, porta e protocolo de Origem e Destino)
  2. Preparem um relatório técnico detalhado do ataque, constando tudo que ajude a identificar a origem. Se houve contato com solicitação de valores para encerrar o ataque, é importante detalhar a forma de contato, valor cobrado, se foi pago e o modo de pagamento etc.
  3. Compartilhe o relatório com a Abrint, que vamos levar ao conhecimento das autoridades competentes, como Ministério da Justiça e ANATEL. Envie um e-mail para comunicacao@abrint.com.brcom o título “Relatório de Ataque Cibernético”.

O que é um ataque DDoS?

Os ataques de rede distribuídos (conhecidos pelo acrônimo em inglês DDoS, de Distributed Denial of Service), também são chamados de ataques de negação de serviço. É um tipo de ataque cibernético que tenta sobrecarregar os recursos de rede para tornar os serviços indisponíveis aos usuários.

Todos os recursos de rede — como servidores de acesso e redes de transporte de dados — tem capacidade para atender um limite determinado de solicitações simultâneas. Quando o número de solicitações excede esses limites, os serviços prestados passam a sofrer com lentidão ou até mesmo impedimento total do funcionamento.

Nestes casos, o objetivo do ataque não é invadir os sistemas ou roubar dados, mas impedir o funcionamento do serviço ao enviar múltiplas solicitações simultâneas, uma espécie de spam sobre a rede de telecomunicações. Pode haver a solicitação de pagamento para interromper o ataque ou, em outros casos, apenas a tentativa de prejudicar os serviços e a reputação da empresa.

Para mais informações, acesse o site oficial.(Com assessoria de imprensa)

Previous Após crescimento de 89%, AXXEL Telecom antecipa expansão
Next Weclix é indicada ao Prêmio Reclame Aqui e ganha destaque

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.