Google Maps apresenta melhorias visuais


Depois de apresentar muitos avanços nos 15 anos de existência, esta semana, o Google Maps começa a disponibilizar melhorias visuais que trazem ainda mais detalhes ao mapa, tornando mais fácil entender uma área, esteja o usuário explorando virtualmente ou planejando uma visita.

O Google Maps possui imagens de satélite de alta definição para mais de 98% da população mundial. Com uma nova técnica algorítmica de mapeamento de cores, o aplicativo é capaz de pegar essas imagens e traduzi-las em um mapa ainda mais abrangente e vibrante de uma área em escala global.

Com esta atualização, o Google Maps tem uma das visualizações mais abrangentes de recursos naturais em qualquer aplicativo de mapa – com disponibilidade em todos os 220 países e territórios que o app suporta. Isso equivale à cobertura de mais de 100 milhões de quilômetros quadrados de terra, ou 18 bilhões de campos de futebol. Esta atualização é visível independentemente da área que o usuário está olhando – das maiores áreas metropolitanas até pequenas cidades rurais.

PUBLICIDADE  

Cores

Como funciona exatamente essa técnica de mapeamento de cores? Primeiro, o Google usa a visão computacional para identificar características naturais das imagens de satélite, olhando especificamente para regiões áridas, geladas, florestadas e montanhosas. Em seguida, analisa esses recursos e atrbui a eles uma gama de cores no modelo de cores HSV. Por exemplo, uma floresta densamente coberta pode ser classificada como verde escura, enquanto uma área de arbustos irregulares pode aparecer como um tom mais claro de verde.

Trânsito

Embora ver as características naturais possa ajudar o usuário a sentir uma área, às vezes são necessárias mais informações para se locomover com segurança e eficiência. Em breve, o usuário poderá ver informações de ruas altamente detalhadas que mostram a forma precisa e a largura de uma estrada em escala. Será possível também ver exatamente onde as calçadas, faixas de pedestres e ilhas de pedestres estão localizadas – informações cruciais se o usuário tiver necessidades de acessibilidade, como cadeiras de rodas ou carrinhos de bebê.

Esses detalhes são particularmente úteis, pois mais pessoas estão optando por caminhar ou usar outras formas de transporte devido à pandemia. Começaremos a lançar mapas de ruas detalhados em Londres, Nova York e São Francisco nos próximos meses, com planos de expansão para mais cidades ao longo do tempo.(Com assessoria de imprensa)

Previous Sercomtel é vendida ao fundo Bordeaux com ágio de 900%
Next E-book sobre o ecossistema financeiro digital do Tele.Síntese já está disponível

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *