A Mob Telecom constatou, nos últimos dias, devido à crise mundial do coronavírus e recomendações de isolamento, que o tráfego de consumo IP teve um grande aumento. Em Fortaleza, os picos chegaram a 880Gb.

Por meio da ferramenta Kentik, o ISP pode ver o desempenho de IP em Fortaleza, principal ponto de conexão da Mob Telecom. O aumento chega a mais de 150Gb, de acordo com dados colhidos na última sexta-feira, 20. Os picos são devidos a três tipos de clientes específicos, os de residências, provedores de internet, e as operadoras.

Os provedores estão solicitando upgrades. Já os clientes residenciais estão consumindo como nunca, e as operadoras precisam de altas capacidades para apoiar suas demandas, em especial as móveis.

PUBLICIDADE  

Segundo o CEO da Mob, Salim Bayde, além da criação da comissão sobre segurança da saúde do colaborador, a empresa criou um outro sobre a contingência da rede, unificando pessoas estratégicas de vendas, atendimento e redes.

Para o CCO da empresa, Sayde Bayde, no momento de crise é importante monitorar os principais pontos da rede. “A estrutura da Mob Telecom estima maiores crescimentos. Mapeamos os principais pontos de conexão e montamos um plano estratégico de contingência da rede”, disse.

A expectativa de Sayde é de que o consumo geral da rede seja multiplicado em até três vezes ao longo da crise do COVID-19. “E para essa demanda estamos prontos”, disse.

A empresa informa ainda que todos os hubs interconexão tiveram aumento de consumo considerável. Os hubs de interconexão são em Fortaleza, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, Belém, Miami e Amsterdã.(Com assessoria de imprensa)