Soluções em nuvem incrementam os negócios dos ISPs


Nilson Fernandes, Especialista em projetos de Cloud da Connectoway - Crédito: Divulgação
Nilson Fernandes, Especialista em projetos de Cloud da Connectoway - Crédito: Divulgação
Nilson Fernandes, Especialista em projetos de Cloud da Connectoway - Crédito: Divulgação
Nilson Fernandes, Especialista em projetos de Cloud da Connectoway – Crédito: Divulgação

As soluções do uso da nuvem para incrementar negócios de ISPs foram o tema da palestra “Do investimento zero à receita imediata”, ministrada pelo executivo de Cloud da Connectoway, Nilson Fernandes, nesta semana. Os serviços de nuvem abrangem necessidades básicas, como backup de dados de pequenos comércios, até ambientes maiores e mais complexos, nos quais se consegue trabalhar com inteligência artificial (IA), soluções de alto nível voltadas para melhoria de negócios de API, internet das coisas (IoT), big data e analytics.

“Hoje, estamos lidando com dados de uma forma muito melhor. Ninguém quer mais perder informações e memórias, como fotos, por exemplo”, afirma Nilson Fernandes em sua palestra. Segundo ele, a oferta de serviços como armazenamento em nuvem deve ser analisada com urgência pelos ISPs, aumentando as possibilidades de produtos oferecidos aos clientes e ajudando na fidelização.

PUBLICIDADE

“Quando falamos em fidelização de cliente, o que o ISP tem que olhar de maneira bastante absoluta é que se ele não transformar digitalmente a vida do cliente dele, alguém fará. Na Connectoway, temos soluções em nuvem prontas para serem colocadas em prática pelos ISPs”, acrescentou o executivo de Cloud da Connectoway.

São soluções simples que podem fazer toda a diferença para quem está contratando. Pequenas empresas representam a maior fatia da pirâmide econômica e são importantes clientes dos ISPs. Existem vários itens que acabam criando problemas para pequenas empresas, como ações criminosas ou quedas de energia que danificam equipamentos. “Muitas vezes, a solução para armazenamento em nuvem custa até R$ 300 por mês para uma pequena empresa e resolve um problema que hoje o cliente não está vendo, mas que pode provocar um sério dano”, relata Nilson Fernandes.(Com assessoria de imprensa)

 

 

Previous Cristiana Camarate assume a superintendência do consumidor da Anatel
Next Laboratórios da Furukawa testam sistema de data center 400G

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.