Entre agosto e setembro de 2019, as PPPs alcançaram mais 295,45 mil clientes (+3,21%) chegando a 9,49 milhões de assinantes, encostando no grupo de maior participação no mercado, a Claro, com 9,54 milhões de usuários. E o serviço de banda larga fixa cresceu 174,85 mil (+0,54%), segundo dados divulgados pela Anatel.

Nos últimos 12 meses houve um aumento de 2,44 milhões (+34,59%) de domicílios atendidos por Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs) na banda larga fixa. Estas empresas já respondem por 29,04% do total de assinantes em setembro de 2019. Dessa forma, foram as principais responsáveis pelo crescimento do serviço de banda larga fixa no país, que alcançou 32,68 milhões de domicílios, aumento de 1,77 milhão (+5,74%).

Entre as prestadoras classificadas pela Anatel como detentoras de Poder de Mercado Significativo (PMS), a Claro e a TIM registraram crescimento nos últimos 12 meses na banda larga fixa, mais 264,68 mil domicílios (+2,85%) e mais 88,59 mil (+19,02%) respectivamente. Entre agosto e setembro de 2019, a TIM teve acréscimo de 7,59 mil domicílios a sua base (+1,39%) e a Claro manteve-se praticamente estável com mais 0,3 mil domicílios.

Fibra óptica

Nos últimos 12 meses, as conexões de banda larga fixa com velocidade superior a 34 Mega atingiram mais 4,81 milhões de domicílios (+68,25%) e na variação mensal o crescimento foi de mais 408,46 mil (+3,57%). As conexões acima de 34 Mega atenderam a 11,86 milhões de domicílios (36,29%) em setembro de 2019. Todas as outras faixas de velocidade apresentaram redução no número de domicílios.

Entre as tecnologias, destacaram-se as conexões por fibra óptica e por satélite em setembro de 2019. Dos domicílios brasileiros com serviço de banda larga fixa, 8,90 milhões são atendidos por fibra óptica (27,24%). O provimento por fibra cresceu 3,86 milhões nos últimos 12 meses (+76,53%) e 455,76 mil (+5,40%) entre agosto e setembro. Já a banda larga via satélite atingiu 254,48 mil domicílios (0,78%), aumento de 79,02 mil (+45,04%) nos últimos 12 meses e 7,22 mil (+2,92%) entre agosto e setembro.(Com assessoria de imprensa)