Blink cresce ao dar opção de escolha de OTT ao cliente


Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

A operadora de telecom Blink passou a oferecer aos seus clientes o acesso ao mundo da diversão, da música, do futebol, do entretenimento e da cultura, ao proporcionar ao usuário a opção de escolher um serviço OTT na hora da contratação dos planos de fibra ótica de ultra velocidade de até 1 giga. Se o cliente não gostar do aplicativo que escolheu, tem até 30 dias para fazer a troca por outro, sem custos.

Para esta campanha, a Blink firmou acordo com a Playhub para formatar um portfólio de aplicativos OTT que inclui Looke, Deezer, Estádio TNT Sports, Fluid, Playkids. A iniciativa faz parte do plano agressivo de crescimento da empresa, que entrou em operação comercial no início de 2021 a partir de uma fusão entre três ISPs mineiros: Blink Telecom, Telecom Dados e Tremnet, com 69 mil clientes em janeiro de 2021.

PUBLICIDADE

A campanha com os aplicativos da Playhub teve início em novembro de 2021, quando a Blink estava com 87 mil clientes e, ao final daquele ano, chegou a 18% a mais. “A ideia com a parceria com a Playhub foi reforçar nossa estratégia de aproximar o cliente dos benefícios do streaming e serviços via aplicativos. Não interessa ao nosso cliente que a Blink seja igual às grandes operadoras e, por isso, optamos por deixar o cliente escolher o seu app preferido na hora da contratação dos nossos planos. Isso faz mais sentido para o cliente e aumenta o engajamento da nossa base com a nossa proposta”, afirma Michel Lotti, gerente de marketing da Blink, “Entendemos que o nosso objetivo está sendo atingido, o que reflete muito no aumento do número de assinantes”, acrescenta.

Os números são animadores, segundo Michel Lotti: ao final do primeiro trimestre de 2022 a operadora chegou aos 110 mil assinantes, com a expectativa de atingir 150 mil no final de 2022. “Devemos investir em outros produtos SVA para fortalecer a nossa estratégia, tendo os aplicativos com forte participação nesse resultado”, afirma o executivo.

De acordo com Lotti, o mercado de Internet vem mudando muito e a alta velocidade ainda pode ser hoje um grande diferencial, mas ela já se tornou padrão no mercado. “Todos os operadores já oferecem fibra óptica com alta velocidade e os serviços adicionados relevantes podem fazer a diferença neste mercado competitivo. Os aplicativos da Playhub e o SVA nos permitem oferecer mais que o simples acesso à Internet como ainda é hoje na maioria dos casos. É isso que vai garantir ser diferente e mais competitivo que as grandes operadoras”, sentencia o executivo.

A Blink possui cobertura em 13 cidades mineiras: Matozinhos, Pedro Leopoldo, Confins, Lagoa Santa, São José da Lapa, Vespasiano, Ribeirão das Neves, Contagem, Belo Horizonte, Betim, Igarapé, São Joaquim de Bicas e Nova Lima.(Com assessoria de imprensa)

Previous Zenvia anuncia 30 vagas em TI para trabalho remoto
Next Com apoio de ISP, ONG leva internet para 12 escolas de SP

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.