Cade aprova a compra da Sercomtel sem restrições


O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra do controle acionário da Sercomtel pelo Bordeaux Fundo de Investimento em Participação Multiestratégia, do empresário Nelson Tanure, em leilão realizado na B3. De acordo com a análise do órgão antitruste, o grupo comprador não possui qualquer atuação no segmento de telecomunicações, nem desenvolve atividades em mercados verticalmente relacionados aos serviços da empresa-alvo, de forma que a operação constitui uma entrada do Fundo Bordeaux no mercado, configurando, assim, uma mera substituição de agente econômico.

Pela operação, o fundo terá de injetar R$ 130 milhões na operadora, capitalizando o ativo. Vai assumir a dívida que se aproxima de R$ 600 milhões em processos e obrigações devidas inclusive à Anatel.

Com a aquisição, o fundo Bordeaux deterá 97,4% do capital social da operadora londrinense. Os 2,6% das ações restantes nas mãos dos atuais sócios por R$ 4 milhões ao todo.

PUBLICIDADE  

De acordo com o Cade, adicionalmente, existe a obrigação do Fundo Bordeaux de proceder a transferência da participação societária nas empresas Sercomtel Iluminação S.A. e Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento S.A. para o Município de Londrina. Após a realização da transferência das participações, a Sercomtel manterá apenas a subsidiária Integral Sercomtel Participações S.A. ativa nos mercados de telefonia, Internet e celular.

A operação ainda depende de aprovação pela Anatel.

Previous PL da Câmara reduz tributos da banda larga por satélite
Next Oi fala sobre sua InfraCo no INOVAtic

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *