Governo anuncia a marca de 1.000 serviços digitalizados


O governo federal atingiu 1.000 serviços públicos digitalizados em menos de dois anos cumprindo meta prevista apenas para o final do biênio 2019-2020. Hoje, 81,2 milhões de pessoas são usuárias do Gov.br – todas elas cadastradas para obter informações e solicitar serviços sem se deslocar de onde estão, de casa ou do trabalho. A economia prevista é de cerca de R$ 2 bilhões por ano, sendo R$ 1,5 bilhão para a população e aproximadamente R$ 500 milhões para o governo.

A meta definida na Estratégia de Governo Digital é chegar aos 100% dos 3,8 mil serviços do governo federal digitalizados até o final de 2022. Com a aplicação da Estratégia, a estimativa é de economia de R$ 38 bilhões em cinco anos (de 2020 a 2025) com a eliminação do papel e da burocracia, locação de estruturas e manutenção dessa logística, contratação de pessoal para atendimento presencial, e redução de perdas com erros e fraudes em serviços públicos.

A digitalização dos serviços públicos impacta, também, na qualidade de vida das pessoas, estima o Ministério da Economia. Por ano, aproximadamente 150 milhões de horas são economizadas pelos cidadãos com a redução de burocracia, deslocamentos e papelada. Isso equivale a um dia inteiro de trabalho de toda a população economicamente ativa da Grande São Paulo. No mesmo período, cerca de 88 milhões de atendimentos deixam de ser presenciais nas agências de órgãos públicos, facilitando a vida do usuário.

PUBLICIDADE  

O crescimento dos acessos mensais ao portal Gov.br e aos aplicativos oficiais do governo brasileiro, ao longo dos dois anos, são indicativos. Saltou dos 4 milhões de acessos em janeiro deste ano para os atuais 15 milhões mensais, em setembro. A impossibilidade de parte da população de sair de casa ou receber atendimento presencial em agências obrigou o governo a rever seus cronogramas de digitalização.(Com assessoria de imprensa)

Previous INOVAtic 2020 vai mostrar evolução e futuro salto dos ISPs
Next Anatel e Receita apreendem 243,7 mil equipamentos irregulares em 3 meses

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *