ISPs organizados atraem investimentos de fundos, diz consultor


Fundos de investimentos estão de olho no mercado dos provedores regionais, impressionados com o crescimento da participação dessas empresas no mercado de banda larga. Mas essa tendência de concentração só vale a pena para os ISPs que estão regularizados, observa Márcio Rodrigues, sócio da consultoria Futurion.

Para Rodrigues, as empresas com dificuldades tributárias e sem regularização do uso de postes perdem valor, e obtêm poucos recursos nos casos de aquisição. Ele apontou casos positivos de aquisições, como da Sumicity, que recebeu recursos de fundo de investimentos e da Vero, que foi criada a partir da junção de oito ISPs de Minas Gerais.

“A criação de clusters pode ser interessante para o investidor que busca alguma escala”, disse Rodrigues. Mas ressalta que as empresas precisam estar organizadas para terem valor.

PUBLICIDADE  

Márcio Rodrigues participou, nesta sexta-feira, 27, do INOVATic Nordeste & ISP Business. O evento foi realizado pela Momento Editorial em Salvador (BA).

 

Previous Grandes prestadoras regionais apostam em mais investimentos para conquistar mercados
Next Em setembro, 77 novas licenças de SCM são publicadas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *