Mais de 600 municípios têm backhaul de ISPs não notificados


A campanha para atualização dos municípios que têm backhaul de fibra, da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) conseguiu identificar mais de 600 cidades que já dispõem de redes não notificadas. O objetivo é evitar que essas localidades entrem no rol de contrapartidas de investimentos, evitando a duplicidade de rede e a competição dos pequenos com as grandes operadoras. 

Segundo o diretor da associação, Sidnei Batistella, as informações contidas nos bancos de dados da Anatel estavam defasadas e podem agora serem corrigidas. Com isso, os provedores podem ser contratados para fazer a última milha e dar vazão o escoamento do tráfego do 5G. 

Essas informações também foram passadas para o Tribunal de Contas da União (TCU), que na sexta-feira ouviu as associações dos provedores regionais sobre o edital do leilão do 5G. 

PUBLICIDADE  

Segundo Batistella, a reunião no TCU foi muito produtiva. Entre os assuntos abordados foi ressaltado o papel dos pequenos prestadores no mercado de banda larga fixa, especialmente nesse período da pandemia.  

“Foi falada também toda a discussão sobre a participação dos ISPs no leilão do 5G e a reivindicação de maior fracionamento dos lotes ou por município ou por DDD”, afirmou o diretor da Abrint.  Ele contou que o conselheiro da agência, Emmanoel Campelo, reiterou a impossibilidade da medida, que poderia gerar uma interferência muito grande entre erbs. 

A utilização do espectro secundário provedores regionais, especialmente a faixa de 700 MHz, para promover a banda larga no campo, que tem um alcance maior. Avaliar a possibilidade de acatar a reivindicação de que a União abra mão de recursos dos postes em áreas onde não é viável a construção de redes. 

Previous Google.org doa R$ 5,5 mi para combater efeitos da pandemia
Next Atualização do Pert mostra que 988 municípios não contam com backhaul de fibra

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *