OIW Telecom tem novo gerente no Nordeste


Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

A OIW Telecom, fabricante e distribuidora de equipamentos para redes ópticas, nomeou o administrador de empresas Bruno Simões para ocupar o cargo de Gerente Regional Nordeste. Especializado em comércio exterior na área de tecnologia, Simões registra 12 anos de experiência com infraestrutura de TI e telecomunicações. No período, atuou como empresário, executivo e consultor comercial junto a empresas como OI, Mob, Wirelink, TIM, Cemig e Algar, entre outras.

Na OIW Telecom, Simões assume o comando da Unidade do Nordeste, inaugurada em maio último no município cearense de Maracanaú, a 25 Km da capital, Fortaleza. Sua missão na regional é alavancar de 20% para 40% a participação do mercado nordestino nos negócios totais da OIW.

De acordo com Bruno Simões, os estados nordestinos vivem uma forte aceleração da digitalização nas residências e das comunicações de banda larga e ultra larga em ambiente profissional.

“Esta demanda maior que a média nacional estava a exigir uma estrutura como a da nova OIW do Ceará. Ela garante ganhos de logística, testes, configurações e customização técnica mais próxima dos provedores e operadoras locais, o que irá reforçar a liderança da OIW”, afirma Simões.

Digitalização acelerada no NE

Segundo Márcio Cachapuz, Diretor de Vendas e Marketing da OIW, “com as vantagens fiscais e logísticas trazidas pela OIW Ceará, podemos distribuir mais benefícios aos provedores ISP regionais, que estão crescendo a uma taxa de 60% ano no Nordeste, segundo os dados da Anatel”.

Além das atividades logísticas, técnicas e da equipe comercial, Bruno Simões apoiará parceiros comerciais na prospecção cooperada de negócios, projetos de pré-venda e provas de conceito. A nova instalação regional está preparada para trabalhar com todos os itens do portfólio, incluindo soluções de fibra até o ponto de destino (FTTH), Wi-Fi, Infraestrutura de redes, cabos passivos, switches, roteadores e dispositivos DWDM.

A OIW mantém cooperação e negócios com os principais fabricantes mundiais de equipamentos de núcleo e de borda para telecomunicações e serviços de internet, mantendo também uma fabricação local de dispositivos ópticos. Em 2020, dados do Siscomex apontaram a OIW como maior importadora nacional de fibra óptica, com cerca de 530 mil quilômetros desembarcados naquele exercício.(Com assessoria de imprensa)

Previous Anatel homologa lotes do leilão 5G
Next NTT DATA abre 70 vagas para o mercado nacional e internacional

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *