Salário de profissionais de TI cresce 55%


Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

Apesar do impacto da pandemia na ascensão do desemprego, a média salarial dos profissionais atuantes em tecnologia foi valorizada nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. De R$ 6.020,41 em setembro de 2020, o teto chegou a R$ 9.364,21 em fevereiro de 2021, uma valorização de 55,5%. Os dados são da Revelo, startup de recrutamento para o segmento na América Latina, e contempla o nível Sênior nas áreas de Gestão de Negócios, BI e Dados, TI, Design e Desenvolvedor. 

Mesmo recuando para R$ 8.353,33 em março deste ano, o cálculo manteve-se acima do que apurou a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) sobre as remunerações médias para “Serviços de alto valor + Softwares” em 2020, em que o valor foi de R$ 5.628,29. 

De acordo com a Relevo, hoje, a remuneração dos profissionais de tecnologia é 8,5 vezes maior do que o salário mínimo no Brasil. “O mais interessante é que a maioria das posições de TI não requer formação superior. Os cursos de capacitação técnica são suficientes para posicionar os candidatos em uma boa oportunidade”, explica a Diretora de Marketing e Experiência do Candidato da Revelo, Juliana Carneiro. 

Outro dado do levantamento da Revelo é o crescimento exponencial nas contratações na área de tecnologia em 2020: foram preenchidas 132,5% de vagas a mais do que em 2019. “A pandemia causou uma aceleração digital e transformou o segmento de uma forma permanente. E quem deseja surfar nesta onda crescente, precisa investir em capacitação”, finaliza a executiva.(Com assessoria de imprensa) 

 

Previous MCom já admite leilão do 5G em outubro
Next Google lança pacote de serviços para as Olimpíadas 2021

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *