Ingram Micro Brasil vai distribuir soluções de segurança da Forcepoint


A Ingram Micro Brasil anunciou o início da distribuição das soluções da Forcepoint, em especial as tecnologias de SD-Wan empresarial, como a NGFW Next Generation FireWall, e as de segurança, como a Data Loss Prevention, Complete Cloud App Security e Security Web Gateway. “As revendas parceiras terão à disposição metodologias diferenciadas por meio de um fornecedor representativo dentro de segmentos de Secure Access Service Edge (SASE), Cloud First Hybrid Ready, Human Centric Cyber Security e SASE/CSG, que é a Forcepoint”, afirma o diretor de segurança e network da Ingram Micro Brasil, Alexandre Nakano.

Atualmente, a Ingram Micro possui em sua estrutura atuação direta no desenvolvimento de mercados como o setor público, saúde, telco (ISP’s), financeiro e educação, e é para eles que a distribuidora vai direcionar as soluções da Forcepoint.  “Hoje percebemos um grande direcionamento dos investimentos de tecnologia em segurança, para proteger não somente os dados sensíveis, como o acesso a estes. Vamos utilizar a nossa estrutura regional, com escritórios com equipes de vendas em Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, e a nossa presença com vendedores locais em Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Campinas, Joinville, Recife e Salvador para alcançar esse objetivo”, conta.

A distribuição da Ingram Micro no Brasil vai agregar o programa de licenciamento corporativo Forcepoint Advantage, que fornece serviços de assinatura de segurança all-inclusive. “Por este ser um programa comercial, o Forcepoint Advantage, atuando através da metodologia ELA (Enterprise License Agreement), e a Ingram Micro, vão oferecer todas as soluções baseadas em software e negociadas com base na quantidade total de usuários. Assim, os canais poderão ajudar seus clientes (usuários finais) com um melhor planejamento para o investimento em segurança da informação e/ou, ainda, apoiar àqueles que farão uso das soluções para planejar em fase de estudos de grandes mudanças de ambientes, como fusão e/ou aquisição com outras empresas ou na criação de novas unidades remotas”. Ele explica que este programa visa atender a clientes com quantidades acima de 1000 usuários.(Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE  

 

Previous Anatel aceita pedidos de renúncia de ISPs a lotes do leilão de sobras
Next Multilaser apresenta novo roteador e telefone rural 4G

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *